PROJETOS DE CARBONO- O PAPEL DO IMC NO MERCADO DE CARBONO NO ACRE

imc-no-mercado-de-carbono-do-acre

PROJETOS DE CARBONO- O PAPEL DO IMC NO MERCADO DE CARBONO NO ACRE

Gisele Victor Batista

O Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação dos Serviços Ambientais (IMC) é uma autarquia especial, com autonomia financeira e independência administrativa, que foi criada para regulação, monitoramento e registro das iniciativas de incentivos a serviços ambientais, incluindo as iniciativas de REDD+, no Estado do Acre. O Sistema de Incentivos aos Serviços Ambientais (SISA) tem como principal objetivo fomentar a manutenção e a ampliação da oferta de serviços e produtos ecossistêmicos. Dentre eles, está o Programa ISA Carbono que visa à estratégia de desenvolvimento de baixas emissões, buscando estabelecer ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

Essas iniciativas do IMC, através de programas como ISA Carbono, estão sendo alinhados para que os esforços do Acre, voltados à preservação ambiental, sigam as diretrizes internacionais de sustentabilidade e façam com que o Estado esteja apto a receber incentivos financeiros para implantação de uma economia de baixo carbono. É o cenário ideal para garantir o desenvolvimento socioeconômico, através da preservação ambiental.

No contexto da economia de baixo carbono, o pagamento por créditos ambientais, como os decorrentes de Projetos de REDD+, como por exemplo, fortalecem a gestão dos recursos naturais, na governança rural e nas economias de base florestal. Ainda, ações voltadas a este propósito podem contribuir para as metas nacionais de redução das emissões dos gases do efeito estufa, colocando o Acre e o país em posição de destaque ao estabelecido no Acordo de Paris.

Este panorama é sustentado por relatórios internacionais, como o da Business & Sustainable Development Commission (Comissão de Desenvolvimento Sustentável e Empresarial), assinado por 35 diretores executivos (CEOs) e líderes, afirmando que a próxima década vai oferecer grandes oportunidades em mercados-chave a empresas dispostas a enfrentar desafios sociais e ambientais. O documento afirma que os negócios sustentáveis podem gerar, pelo menos, US$ 12 trilhões e reparar o sistema econômico global.

https://www.facebook.com/uniaomeioambiente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s